sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Tudo se esvai.

Todas as noites eu digo pra mim mesma que farei um post novo. Mas as horas vão passando, e quando noto, já são 6 da manhã e eu preciso dormir. Hoje é sexta a noite, e eu não tenho nada em mente. Não custa nada fazer uma seleção de músicas antigas e colocar no player pra começar a escrever. 

Hoje passaram uma ficha na faculdade onde dentre as poucas questões, havia uma que perguntava o que eu sabia fazer. Até cogitei escrever que faço textos e algumas poesias. Mas depois pensei bem e decidi que era melhor não. Se fosse a um tempo atrás, eu poderia dizer isso, mas hoje em dia, são raras as vezes que paro e deixo as palavras saírem. Minto... Eu até as deixo saírem, mas não sei lidar com elas mais. Assumo.
Posso escrever dezenas de vezes e fazer alterações mais algumas centenas, que nunca fico satisfeita. Fico procurando aquelas palavras de alguns anos atrás, aquela facilidade de encaixá-las nos lugares perfeitos. Um casamento entre minhas idéias e minha criatividade. Agora me pergunto aonde foram parar essas duas coisas. Se perderam em qual momento da minha vida? Não percebi acontecendo e me lamento agora. Não quero parecer egocêntrica, mas a verdade é que eu gostava das coisas que era capaz de escrever e expressar.
Voltando um pouco nas minhas memórias, eu percebo quanta coisa se perdeu. Talento, força de vontade, sorte, crenças e coragem. Todas essas características faziam parte do que eu era. Eu sabia que as tinha, mas não acreditava que iriam se esvair com o passar dos anos. Tolice. Tudo se vai com o tempo. Pouquíssimas coisas permanecem, e mesmo quando acontece, há mutações.Sempre há.
Algumas coisas mudam pra melhor, eu sei disso. Mas nós, humanos, tendemos a não perceber quando isso acontece, ou percebemos e não valorizamos. Aí tudo fode outra vez.
Se você sentir algo diferente, arrisque, insista. Não importa do que se trata. Nunca se sabe quando seu futuro está prestes a ser iniciado.

- Hoje eu só quero que o dia termine bem...
   

Nenhum comentário:

Postar um comentário