quarta-feira, 17 de julho de 2013

Intensamente. Intensa mente!

Ela continua naquela correria interna. Tem suas certezas, mas com um problema... Todas as suas certezas estão repletas de dúvidas. Ela pensa se suas decisões foram as corretas e se vê surtando por pensar demais. Eu não disse que ela surta às vezes? Fico olhando pra ela... Tão decidida e serena por fora, e por dentro completamente perdida. Em certos momentos penso que ela vai explodir, mas logo me lembro que ela vive implodindo. Ela se arrisca, se ilude, se desfaz e refaz. Uma coisa não posso negar, ela é forte! Vai em frente, enfrenta! É nova, tem um mundo de oportunidades e de decepções pra viver. É triste, mas é a verdade. E ela sabe disso. Sente falta do tempo em que suas preocupações eram banais, aliás, quem não sente? Não a julgo, muito menos a culpo. No fundo, ela só quer ser feliz o tempo todo, mas isso é impossível. Ela não quer perder o que tem, o comodismo sempre foi seu maior companheiro. Amigos? Alguns... Amores? Caramba, como ela se apaixona rápido. Vive intensamente e ainda não parece suficiente. Talvez ela não esteja sendo tão intensa assim... Pontos de vista, garota! Encontre o certo, desfaça as malas e veja o que esqueceu de levar na última viagem. Vive pedindo conselhos, mas raramente escuta algum. Desfaça essa personalidade forte e sinta suas fraquezas, é nelas que você se encontra mais.
Ela é um paradoxo ambulante, completamente intrigante, até pra si mesma. Um dia ela se acerta, se encontra, se revela. Até lá, a única solução é deixar que ela viva.
Boa sorte, menina.

- Hoje eu só quero que o dia termine bem...
  

Nenhum comentário:

Postar um comentário