segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Vê se aprende.

Você mentiu, omitiu, sumiu. Deixou dúvidas, questões, decepções. Qual a sensação? Não sei lidar sem parecer que vivo em constante obsessão. Não espere que eu vá fechar a cara, não é do meu feitio. Não espere que eu vá ligar xingando, procurarei outra forma de preencher o vazio.
Eu vi você chegar, se aproximar e deixei entrar.
Agora pode ir. Vá sem pressa de voltar. Não tenho pressa pra perdoar.
Vê se aprende que o amor é uma coisa boa, mas não foi feita pra qualquer pessoa. Vê se aprende que o amor vai muito além do que você pensa saber. Vê se aprende que calar não é perdoar.

E vê se aprende, que o amor só tem sentido se você souber amar.
   

Nenhum comentário:

Postar um comentário